25 Abril 2013

RS volta a exportar soja em containers para China

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)
por Leonardo Gottems

O Rio Grande do Sul volta neste mês a exportar uma carga de soja em containers para a China: serão 45 unidades levando 1.035 toneladas do grão. Essa é a primeira vez desde 2008 que isso acontece, pois neste ano o estado parou de transportar nessa modalidade em função de um melhor preço dos fretes em navios graneleiros.

A empresa Multirural de Tupancireta, de propriedade de Pedro Herter, contratou o consultor João Carlos Kopp, da JC.Kopp. Iniciou-se então parceria com uma trading chinesa, tradicional cliente dos Estados Unidos e Canadá, mas que ainda não havia comprado no Brasil.

“Este ano começamos  desenhar esta operação, e na semana que vem parte um navio do Porto de Rio Grande. Parece pouco em comparação com o volume de um (graneleiro) Panamax, mas é bem significativo para o agronegócio brasileiro abrir esta nova frente”, destaca Kopp.

O consultor alista algumas vantagens de exportar em containers: “É muito improvável um navio pagar demugem por ficar esperando para atracar, como no caso dos graneleiros, que podem chegar a custar US$ 60 mil por dia. Isso porque o fluxo de carregamento de containers é contínuo. Também não sofremos com os prêmios negativos do porto, pois os nossos caminhões não tem que esperar os navios carregarem para sobrar espaço nos armazéns”.

Ele continua: “Possibilita ainda o embarque de pequenos volumes, o que pode atender pequenas, médias e grandes empresas, assim como produtores, facilitando o acesso de todos à exportação. Além disso, o frete marítimo é mais barato, pois os containers voltam vazios, e então conseguimos aproveitar o transporte. A diferença de custo pode chegar a até 50% por tonelada abaixo de um navio graneleiro”, conclui Kopp.



Fonte Agrolink

Mais Notícias

Preço do açúcar reage no final da entressafra

31-03-2015

Segundo o Cepea, como o Brasil é o maior exportador desta commodity, a valorização do câmbio dá importante suporte aos preços domésticos. Na parcial de março, o dólar equivale a R$ 3,14, ante a R$ 2,82 em fevereiro e a R$ 2,64 em janeiro. Nesse contexto, usinas mantêm firmes os valores de suas ofertas para as negociações do açúcar Icumsa até 180. A...

Leia mais...

EXCLUSIVO: juros do Plano Safra podem chegar a 8%

30-03-2015

André Nassar, que teve a nomeação publicada no Diário Oficial da União nesta segunda, dia 30, se reuniu com representantes do setor produtivo e da Frente Parlamentar da Agropecuária, em Brasília.Atualmente, a Selic está em 12,75%, quase dois pontos percentuais a mais do que em junho do ano passado, quando a taxa era de 11%. No lançamento do Pl...

Leia mais...

Estoque de grãos deve ser maior que em 2014

30-03-2015

Conforme a média das estimativas, o governo norte-americano deve projetar que os estoques de soja somavam 36,499 milhões de toneladas, 35% acima do observado no ano passado, quando a estimativa era de 27,054 milhões de toneladas. A expectativa reflete a maior produção doméstica do grão.Já no caso do milho, o USDA deve projetar que 193,751 milhões d...

Leia mais...

Exportação de soja aumenta e sustenta cotação

30-03-2015

De acordo com dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada da Esalq/USP (Cepea), o cumprimento de contratos antecipados se acelerou. Considerando que a maior parte da oleaginosa brasileira é destinada à exportação, isto ajuda a sustentar os preços domésticos.O ritmo de exportação, apesar de ainda lento, melhorou nos últimos dias, o que...

Leia mais...

Até 2020, Brasil deve produzir 40% mais alimentos

30-03-2015

De acordo com Rodrigues, são vários os fatores que tornam o Brasil uma potência agrícola, como o programa de agricultura de baixo carbono, a disponibilidade de terras e a tecnologia de ponta no campo.– Nenhum país fez uma revolução tecnológica na agropecuária como Brasil fez – declara o ex-ministro.Ele ainda pontua que graças à essa "re...

Leia mais...

Milho 2ª safra pode ter geadas em MS

30-03-2015

Conforme ele, no caso de Mato Grosso e Goiás, as precipitações devem continuar ao longo de abril e cessar no fim do mês, mas episódios de chuvas também devem ocorrer em maio, podendo atrapalhar o plantio de milho, que está atrasado. Já no Paraná e em Mato Grosso do Sul, o frio deve começar mais cedo em 2015, com possibilidade de geadas já...

Leia mais...

Produtores de mandioca bloqueiam rodovias no PR

30-03-2015

– O principal ponto a ser discutido é a falta de política para o setor. Como a falta de AGF, além de os preços mínimos estarem defasados. A Ministra da Agricultura, Kátia Abreu, havia feito um anúncio de correção de preço mínimo pela Conab na semana passada, mas não aconteceu. Além disso, o setor precisa buscar alternativas de consumo –...

Leia mais...

CAR: prorrogação será analisada no fim de abril

30-03-2015

As propriedades que já tem o CAR correspondem a 39,54% da área rural do Brasil. A região com o maior número de cadastros executados é a Norte, com 64,80% do território; a com menos é a região Sul, apenas 7,76%. Os dados foram apresentados nesta segunda, dia 30, pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA). Mesmo diante destes números, o diretor do S...

Leia mais...

Dólar segura renda no campo, mas encarece insumos

29-03-2015

Se a queda das cotações de soja na Bolsa de Chicago, pressionadas pelo alto patamar dos estoques mundiais, afligiu produtores e ameaçou a rentabilidade desta e da próxima safra, a disparada do dólar no mês passado acalmou os ânimos e segurou a rentabilidade para o produtor - pelo menos por enquanto.– O preço em Chicago, o prêmio e a margem di...

Leia mais...