Imprimir esta página
22 Outubro 2019

‘Desde o início, sabíamos que seria uma colheita diferente nos EUA’

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

Em Oiwa, segundo maior estado produtor de soja dos Estados Unidos, o tempo firme está ajudando e produtores avançam com os trabalhos no campo. Em Donahue, imagens enviadas pela engenheira agrônoma Flávia Evangelista, é possível ver que as colheitadeiras já estão em trabalho nas lavouras. 

Nesta segunda-feira, 21, o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos confirmou em relatório que a colheita de grãos no país continua atrasada em relação à média dos últimos cinco anos. As condições das lavouras de milho melhoraram, já as de soja ficaram estáveis na comparação com a semana anterior. 

De acordo com o analista de mercado, Aaron Edwards, da consultoria Roach Ag Marketing, a colheita se mostrou que seria diferente desde o inicio da safra. “Esse resultado já era esperado, e tem sido. Na parte Norte, como estamos acompanhando, há registro de excesso de umidade e é difícil realizar a colheita. Ou seja, é um problema mais logístico do que quebra de safra, e é um problema pontual por não se tratar de uma grande região”, afirma ele. 


Fonte Canal Rural