05 Julho 2020

Falta pouco para Brasil ter 1ª laranja resistente ao amarelinho e greening

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

O Instituto Agronômico de Campinas (IAC), que completou 133 anos no último mês de junho, está desenvolvendo uma tecnologia que pode gerar a primeira variedade de laranja doce resistente à Xylella fastidiosa, bactéria causadora da Clorose Variegada de Citros (CVC), e a outras doenças que afetam a citricultura. 

A CVC, também conhecida como amarelinho, ataca todas as variedades comerciais de citros, reduzindo drasticamente a produção. Atualmente, o amarelinho está sob controle no estado de São Paulo, maior produtor de laranjas do país, graças a uma legislação que obriga a produção de mudas em telados à prova de insetos, um dos fatores principais para o controle, já que a cigarrinha é o principal vetor do amarelinho. 

Hoje a doença é controlada de modo indireto, quando as plantas são pulverizadas com inseticidas contra outra doença, o HLB, ou greening. Para chegar a essa planta de laranja resistente, o grupo do Centro de Citricultura do IAC estudou e identificou um gene presente na tangerina, que normalmente é resistente à CVC. 

Os estudiosos conseguiram pela primeira vez transferir esse gene de tangerina para a laranja por meio de técnicas de engenharia genética. “Agora temos uma planta de laranja com gene de tangerina, que confere resistência à doença CVC”, afirmou a pesquisadora do Centro de Citricultura do IAC Alessandra Alves de Souza. Esse gene poderá ser usado não só em plantas de laranjas doces como também em outras culturas prejudicadas pela X. fastidiosa, como as oliveiras e ameixeiras, afirma ela. 

Por se tratar de um gene cuja função está associada ao impedimento do movimento sistêmico da bactéria pela planta, os pesquisadores acreditam que essa planta também apresentará resistência ao greening, uma vez que a bactéria do HLB também é sistêmica nas plantas de citros. 

Os experimentos estão em andamento. Como a técnica consiste na inserção de gene de espécie diferente daquela que o recebe (tangerina), a pesquisadora acredita que, ao se obter uma nova cultivar de laranja a partir desse conhecimento, o produto não sofrerá resistência por parte dos consumidores. 

Outro avanço alcançado pelo estudo, iniciado em 2017, é que o prazo de pesquisa, que antes era de três anos, passou para menos de 12 meses, graças à aplicação também inédita da planta Arabidopsis, gênero que pertence à mesma família da couve, e é mundialmente usada como planta modelo para acelerar estudos de genética das plantas. 

Em vez de testar a função do gene diretamente em citros, que demoraria anos para chegar aos resultados, a equipe primeiramente introduziu o gene selecionado nessa planta modelo, obtendo resposta num prazo inferior a 12 meses.

“Nosso estudo foi completo, inédito, pois foi do básico ao aplicado”, informa Alessandra. Seguindo esse modelo já temos plantas de citros em estudo com genes de tangerina promissores para resistência a outras doenças que afetam a citricultura. Alessandra explicou que a pesquisa já está em condição de ser testada a campo. No entanto, ela ponderou que os citros são plantas perenes, que demoram para dar frutos. Além disso, é preciso a produção de clones que serão plantados no campo, para avaliar a qualidade e a produtividade.

“Creio que são necessários cerca de cinco anos para termos uma resposta sobre a qualidade dos frutos, entre outros fatores, para, daí sim, pensarmos algo comercial”, conclui.


Fonte Canal Rural

Mais Notícias

Expectativa do PIB brasileiro parou de piorar pela 6ª semana seguida

11-08-2020

A previsão do mercado financeiro para a queda da economia brasileira este ano foi ajustada de 5,66% para 5,62%. A estimativa de recuo do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de todos os bens e serviços produzidos no país – está no boletim Focus, publicação divulgada todas as semanas pelo Banco Central (BC), com a projeção para os principais indicad...

Leia mais...

Greening atinge 20,87% das laranjeiras de São Paulo e Minas Gerais

11-08-2020

Produtores de laranja de São Paulo e Minas Gerais estão preocupados com o aumento de quase 10% nos casos de greening no cinturão citrícola nesses estados. Segundo levantamento feito pelo Fundo de Defesa da Citricultura (Fundecitrus), de cada cinco laranjeiras, pelo menos uma foi afetada pela doença na última safra, o que corresponde a cerca de 41 m...

Leia mais...

Tereza Cristina quer ampliar número de países que compram a produção leiteira

11-08-2020

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, diz que o governo está tentando abrir novos mercados para escoar a produção leiteira, principalmente o leite em pó, do Brasil.“Produzimos quase a mesma coisa que consumimos, não é um problema que temos excesso, mas estamos trabalhando na abertura de novos mercados”, disse em live organizada pe...

Leia mais...

‘Trabalhamos com reciprocidade em tarifas’, diz Trump sobre o Brasil

11-08-2020

O presidente norte-americano, Donald Trump, disse que seu governo atua com base em reciprocidade quando o assunto se trata de tarifas. O comentário acontece em um momento no qual os Estados Unidos pressionam o Brasil pela taxa de importação do etanol.“Veja bem, eu gosto muito do presidente [Jair] Bolsonaro. Sei que ele está fazendo um bom tra...

Leia mais...

Tempo começa a mudar em algumas áreas nesta 3ª; confira a previsão para todo o país

10-08-2020

Um sistema frontal avança e o tempo muda em parte da região no decorrer do dia. Chove em forma de pancadas, com algumas trovoadas, em boa parte do Rio Grande do Sul. A chuva é isolada, e acontece à noite na maioria das áreas. Há previsão de rajadas de vento de 70 km/h na metade sul gaúcha, e na casa de 50 km/h no norte do estado e no litoral catari...

Leia mais...

Boi gordo: preço da arroba volta a subir nesta segunda-feira

10-08-2020

O mercado físico de boi gordo iniciou a semana com preços em alta. Segundo o analista da consultoria Safras & Mercado, Fernando Henrique Iglesias, a oferta de animais terminados permanece restrita, sem indícios de avanços significativos no curto prazo.  “No que diz respeito à demanda de carne bovina, a tendência é de um comportamento mais...

Leia mais...

Vendas para China preveniram choque nas exportações durante pandemia, diz Guedes

10-08-2020

A recuperação rápida da economia de diversos países da Ásia, especialmente a China, impediu que a pandemia do novo coronavírus provocasse um choque nas exportações brasileiras, disse nesta segunda-feira, 10, o ministro da Economia, Paulo Guedes. Segundo ele, o “apetite” asiático compensou a queda nas vendas para os Estados Unidos, a Europa e a Arge...

Leia mais...

Carnes: tendência é de alta dos preços de boi, frango e suíno no 2º semestre

10-08-2020

O relatório da consultoria Cogo – Inteligência em Agronegócio desta segunda-feira, 10, aponta uma tendência de alta nos preços das carnes de boi, frango e suíno neste segundo semestre de 2020.De acordo com o levantamento, em São Paulo, o preço médio do boi gordo acumula alta de 2,7% nos últimos 30 dias e forte alta nominal de 47,3% nos último...

Leia mais...