04 Agosto 2020

Soja: Mato Grosso pode registrar produção menor em 2020/2021, diz Imea

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária divulgou a sua 2ª estimativa para a safra de soja de Mato Grosso em 2020/2021, que ainda nem começou a ser semeada. Segundo a entidade, o estado pode colher algo em torno de 35,2 milhões de toneladas nesta nova temporada, o que significaria uma redução inédita para a produção do estado, que colheu 35,4 milhões de toneladas na 2019/2020.
Todos os dados das safras 2019/2020 e 2020/2021 foram atualizados e trouxeram números que surpreendem. Começando pela safra já colhida, a área que em 2019/2020 fechou em 9,98 milhões de hectares, aumento de 1,37% em relação ao levantamento anterior (9,85 milhões de hectares) e 3,88% superior à área da safra 2018/2019 (9,61 milhões de hectares).

Com isso a produção final do estado fechou em impressionantes 35,40 milhões de toneladas, valor 1,25% superior ao relatório anterior (34,96 milhões de toneladas) e 9,54% acima do montante colhido na safra 2018/2019 (32,32 milhões de toneladas), representando um recorde para o estado.

Nova safra será menor?

Se deu tudo certo para a safra de soja 2019/2020 e ela bateu novo recorde, os produtores seguem otimistas e irão querer aproveitar o momento de preços elevados, para tentar ganhar um pouco mais. De fato, o Imea aponta uma intenção de aumento de área de plantio para a safra 2020/2021.

Neste levantamento, a entidade acredita que a área a ser cultivada chegará a 10,21 milhões de hectares, mais do que os 10,07 do relatório anterior e 2,23% a mais que da temporada 2019/2020.

“As principais regiões com expectativa de aumento da área são aquelas com vastas áreas de pecuária. Além da existência de áreas de pastagem para conversão, existem outros motivos que justificam a expansão da área em Mato Grosso. Os preços da soja nos últimos meses, por exemplo, foram atrativos ao produtor”, afirma o Imea.

Já a produtividade da safra 2020/2021 ficou estimada em 57,45 sacas por hectare, próximo da última estimativa (57,48 sacas).

“Acreditamos que com o início do cultivo da soja, em setembro e outubro, possa ocorrer melhor previsibilidade do rendimento da cultura, visto que as expectativas quanto ao clima para o desenvolvimento da oleaginosa ainda são muito incertas”, diz o Imea.

Com isso tudo, a produção esperada em Mato Grosso foi revisada para cima, se comparada ao levantamento anterior (34,74 milhões de toneladas) e deve chegar a 35,18 milhões de toneladas, um recuo de 0,62% na comparação com a safra 2019/2020.


Fonte Canal Rural

Mais Notícias

‘Agroindústria precisa de atitude para não sofrer consequências econômicas`

30-09-2020

A partir das recentes declarações do candidato à presidência dos Estados Unidos, Joe Biden, sobre a preservação da Amazônia, a agroindústria no Brasil tem uma nova “força” contra a sua imagem. A afirmação é do professor de economia da Universidade Federal de São Paulo (USP), Celso Grisi.“Além da comunidade europeia, que vem ameaçando o acordo com o...

Leia mais...

Confira a previsão do tempo para o mês de outubro

30-09-2020

Outubro, assim como a primavera, será marcado pelo La Niña e isso influencia diretamente no BrasilO mês de outubro deve ter chuva abaixo da média no oeste do Paraná, de São Paulo e também na metade sul de Mato Grosso do Sul, assim como no norte de Minas Gerais e de Goiás, Nordeste, Pará, Amapá e nordeste de Mato Grosso. No restante, as precipitaçõe...

Leia mais...

Pecuaristas dizem que legislação no Pantanal é causa da tragédia ecológica

30-09-2020

Revoltados com a acusação de responsáveis pelos incêndios dentro do Pantanal, pecuaristas abrem a porteira para mostrar que também são vítimas. O setor aponta a atual legislação ambiental estadual imposta dentro do bioma como a principal causa da tragédia ecológica e econômica.A atividade da pecuária no Pantanal existe há mais de 300 anos. Na décad...

Leia mais...

Na Expointer 2020, consumidor pode fazer compras da agricultura familiar no carro

30-09-2020

A feira da Agricultura familiar na Expointer agora é através de Drive Thru e, como de costume, é possível encontrar artesanato, roupas em lã, facas feitas à mão e flores ornamentais, assim como diversos produtos do segmento.Para que os pequenos produtores pudessem aproveitar o evento para mostrar o seu trabalho, foram feitas adaptações no pavilhão ...

Leia mais...

Milho: com impulso de Chicago, preço da saca se aproxima de R$ 70 em SP e RS

30-09-2020

O mercado brasileiro de milho registrou preços firmes no Brasil novamente nesta quarta-feira, 30. Com a forte alta na Bolsa de Chicago para o cereal, as cotações ganharam ainda mais motivo para avançarem, com a oferta encolhendo nas principais regiões de comercialização, como destaca o consultor de Safras & Mercado, Paulo Molinari.No Porto de S...

Leia mais...

Ricardo Alfonsin explica sobre o registro e circulação da nova Lei do Agro

30-09-2020

A nova Lei do Agro, em vigor desde abril deste ano, atualizou o Instituto da Cédula de Produto Rural, que inovou basicamente três pontos: previsão de assinatura do emitente de forma eletrônica, previsão de emissão de processos eletrônicos ou digitais, e a aplicação da legislação sobre a assinatura em documentos eletrônicos.As mudanças que precisam ...

Leia mais...

Chicago: milho tem a maior alta diária em quase um ano

30-09-2020

A Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) para o milho fechou a sessão desta quarta-feira, 30, com preços acentuadamente mais altos. O cereal buscou suporte no relatório de estoques trimestrais na posição 1º de setembro de setembro, divulgado mais cedo pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), que indicou um volume abaixo do espera...

Leia mais...

Previsão do tempo indica recorde de calor no Sudeste nesta quinta-feira

30-09-2020

Enquanto o tempo seco segue em grande parte do país, na região Sul são esperados temporaisA previsão do tempo para esta quinta-feira, 1, indica chuvas para o Rio Grande do Sul, especialmente na Campanha, sul e faixa leste do estado, onde são esperados fortes temporais e acumulados elevados de chuva. A Somar Meteorologia alerta para vendavais e temp...

Leia mais...

Soja: corte nos estoques dos EUA faz preço disparar em Chicago

30-09-2020

Segundo dados do USDA, o volume estocado da oleaginosa recuou 42% na comparação com igual período de 2019Por Agência SafrasOs contratos futuros da soja negociados na Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) fecharam a quarta-feira, 30, com preços em forte alta. Ao indicar estoques trimestrais norte-americanos em 1º de setembro abaixo do esperado, o r...

Leia mais...