10 Agosto 2020

Boi gordo: entenda por que arroba recua no RS enquanto avança no restante do país

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

O preço do boi gordo no Rio Grande do Sul recuou 8% em 30 dias de acordo com a Scot Consultoria, passando de R$ 7,50 para R$ 6,90 o quilo. No mesmo período, em São Paulo, base Araçatuba, o preço avançou quase 3% e chegou na máxima do ano, cotado a R$ 222,5 por arroba. Para facilitar a comparação entre as duas praças, o valor no Rio Grande do Sul foi convertido para a proporção em arroba, considerando rendimento de 50% da carcaça. Dessa forma, a arroba no estado caiu de R$ 225 para R$ 207 no período.

No região Sul, a presença de pastagens de inverno é bastante superior à média nacional. Portanto, nesse período do ano, a oferta de boiadas permite aos frigoríficos locais alongar as escalas de abate sem dificuldade. Assim, há uma pressão pontual de baixa, mas que, de acordo com analistas consultados, deve ficar restrita à região Sul, enquanto que o cenário no Brasil central é de firmeza dos preços.

De acordo com o analista da Agrifatto Consultoria Yago Travagini, a disparidade de preços entre o Rio Grande do Sul e outras praças como São Paulo é comum. Segundo ele, a correlação entre as duas localidades é fraca, e o avanço em uma delas nem sempre é acompanhado pelo mesmo movimento na outra.

Travagini avalia que os preços no mercado gaúcho já parecem estar encontrando um limite para queda, ou seja, um suporte no nível atual. Com isso, a oferta nessa praça, ainda que ligeiramente melhor , deve seguir restrita, mantendo o preço firme e sem grandes quedas até o fim do ano. De acordo com o analista, é possível até que as cotações avancem rumo a novos recordes caso a economia tenha recuperação melhor que a esperada no momento.

O analista projeta que o cenário de dificuldade dos frigoríficos em originar animais deve permanecer até pelo menos a virada de 2020 para 2021. Porém, a partir do ano que vem, a projeção é de estabilização dos preços e início das quedas em 2022, com a virada do ciclo da pecuária. Segundo Travagini, a retenção de fêmeas atualmente deve gerar oferta suficiente para aumento da oferta de animais nos próximos anos.


Fonte Canal Rural

Mais Notícias

‘Não é razoável profissional que manobra navio ter salário de até R$ 300 mil’, diz consultor

20-09-2020

Para entender como o serviço de praticagem no país funciona, o programa Direto ao Ponto deste domingo, 20, recebeu o advogado e consultor em infraestrutura e logística Evaristo Pinheiro. Para o especialista, a legislação que trata da atividade é de mais de 20 anos e necessita de regulamentação.De acordo com Pinheiro, hoje, um prático (profissional ...

Leia mais...

Soja: tecnologia ajuda a localizar pragas e reduz em 45% uso de defensivos

20-09-2020

Aplicativo da Embrapa cria mapas de localização e pode ser migrado para um pulverizador, focando o controle de pragas nos talhões certosPor Canal RuralJá pensou em um aplicativo que consegue dizer onde estão as pragas, ajudando a focar no controle e de quebra reduzindo a quantidade de defensivos? Pois é exatamente isso que um experimento conjunto e...

Leia mais...

Nova ferramenta promete tornar suinocultura ainda mais sustentável em Santa Catarina

20-09-2020

O maior produtor nacional de carne suína, Santa Catarina, vai receber o Software de Gestão Ambiental da Suinocultura (SGA). A parceria entre a Embrapa Suínos e Aves com o Instituto do Meio Ambiente do Estado de Santa Catarina (IMA) e do Sindicarne, criou a ferramenta para dar mais celeridade ao licenciamento de granjas de suínos no estado, contribu...

Leia mais...

Mais lida: você sabe por que a pelagem de touros nelore escurece?     

20-09-2020

No decorrer da semana a notícia mais lida pelos internautas do Canal Rural foi a explicação de um zootecnista sobre a mudança de cor na pelagem dos touros da raça nelore. Acidentes que provocaram a morte de bois em fazenda também voltou a repercutir na última semana. Além disso, dicas para manter o bebedouro do gado limpo, recorde no embarque de bo...

Leia mais...

Bactérias da folha da laranja diminuem resíduos de agrotóxicos na natureza

20-09-2020

A busca por alternativas que possam diminuir o impacto dos agrotóxicos e eliminar esses compostos que acabam depositados na natureza motivou pesquisadores do a estudarem bactérias do gênero bacillus, extraídas da superfície das folhas da laranja. Eles descobriram que esses microrganismos produzem enzimas capazes de biodegradar dois pesticidas muit...

Leia mais...

Milho: confira os fatores que devem impactar os preços na semana

20-09-2020

A partir da próxima segunda-feira (21), compradores e produtores de milho podem esperar novidades no mercado do grão a partir do início da colheita nos Estados Unidos. Os preços do milho deverão ser impactados, à medida em que os trabalhos nas lavouras norte-americana avançam.Acompanhe abaixo os fatos que deverão merecer a atenção do mercado de mil...

Leia mais...

Família colhe bons resultados com produção de lúpulo em Santa Catarina

20-09-2020

Um dos principais ingredientes na produção de cervejas especiais é o lúpulo. A planta garante aroma característico, sabor único e a consistência da bebida. Com isso, agricultores brasileiros têm apostado em seu cultivo, de olho no aumento da demanda pela bebida. Esse é o caso da família Silveira, de Campo Alegre (SC)O produtor Heron Silveira conta ...

Leia mais...

Palmito pupunha aumenta renda e muda vida de produtores do Rio de Janeiro

20-09-2020

O palmito pupunha, além de ganhar espaço nas cozinhas, também vem mudando a vida de produtores rurais do município de Magé, no Rio de Janeiro. Com apoio técnico da Secretaria da Agricultura do estado, através da Emater, a cultura se tornou uma alternativa rentável para os produtores da região, aumentando o faturamento em mais de 150% nos últimos 15...

Leia mais...

Balança comercial do agro registra superávit recorde em 2020, diz CNA

19-09-2020

A balança comercial brasileira do agro registrou superávit recorde de US$ 61,5 bilhões de janeiro a agosto de 2020, aponta a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), com base em informações do Ministério da Economia.As exportações somaram, em receita, US$ US$ 69,6 bilhões no acumulado dos oito primeiros meses deste ano, alta de 8,3% ...

Leia mais...