10 Agosto 2020

Vendas para China preveniram choque nas exportações durante pandemia, diz Guedes

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

A recuperação rápida da economia de diversos países da Ásia, especialmente a China, impediu que a pandemia do novo coronavírus provocasse um choque nas exportações brasileiras, disse nesta segunda-feira, 10, o ministro da Economia, Paulo Guedes. Segundo ele, o “apetite” asiático compensou a queda nas vendas para os Estados Unidos, a Europa e a Argentina.

O ministro participou de uma reunião virtual do Fórum de Incentivo à Cadeia Leiteira, promovido pela Frente Parlamentar da Agropecuária. Durante o encontro, Guedes disse que, graças ao consumo da Ásia, as exportações brasileiras fecharam o primeiro semestre quase estáveis em relação ao mesmo período de 2019.

De janeiro a junho, o Brasil vendeu US$ 102,43 bilhões ao exterior, valor 6,4% inferior ao do mesmo período de 2019. Segundo os números mais atualizados do Ministério da Economia, divulgados nesta segunda-feira, as exportações somam US$ 125,74 bilhões até a primeira semana de agosto, recuo de 6,2% em relação ao mesmo período do ano passado pelo critério da média diária.

A balança comercial – diferença entre exportações e importações – registra superávit de US$ 32,08 bilhões até a primeira semana de agosto. O resultado é 16,3% superior ao registrado no mesmo período do ano passado, quando o saldo positivo estava em US$ 27,59 bilhões.

Os saldos crescentes na balança comercial registrados nos últimos meses estão ocorrendo porque, com a alta do dólar e a crise econômica, as importações estão caindo mais que as exportações. Até a primeira semana de agosto, as compras do exterior somavam US$ 93,66 bilhões, com recuo de 11,5% em relação ao mesmo período de 2019 também pelo critério da média diária.

No encontro, o setor leiteiro apresentou reivindicações para que o governo lide com a queda nos preços para o produtor. O ministro da Economia informou que a melhor maneira de lidar com as flutuações no preço do leite consiste em estimular o fornecimento de seguros mais sofisticados contra as oscilações.

O secretário de Política Econômica da pasta, Adolfo Sachsida, disse que o governo trabalha com três instrumentos para conter as flutuações e dar mais previsibilidade para os preços agrícolas. Ele citou o fortalecimento dos seguros, o oferecimento de instrumentos de mercado financeiro e a consolidação de um banco de dados de custos regionais.

Sobre os mecanismos de mercado, Sachsida informou que o governo discute com o Banco do Brasil o fornecimento de contratos de balcão (contratos de investimentos futuros fora da bolsa de valores) para que o produtor possa comprar opções que “garantam preços futuros à frente”. Ele não informou uma data para a adoção da medida.

Por meio de contratos de opções, o produtor se protege de eventuais quedas de preços, com o governo assumindo o prejuízo. Caso o preço suba para além do nível fixado, o contrato perde a validade, e o produtor pode vender o alimento a preços de mercado. Esse mecanismo é aplicado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).


Fonte Canal Rural

Mais Notícias

‘Não é razoável profissional que manobra navio ter salário de até R$ 300 mil’, diz consultor

20-09-2020

Para entender como o serviço de praticagem no país funciona, o programa Direto ao Ponto deste domingo, 20, recebeu o advogado e consultor em infraestrutura e logística Evaristo Pinheiro. Para o especialista, a legislação que trata da atividade é de mais de 20 anos e necessita de regulamentação.De acordo com Pinheiro, hoje, um prático (profissional ...

Leia mais...

Soja: tecnologia ajuda a localizar pragas e reduz em 45% uso de defensivos

20-09-2020

Aplicativo da Embrapa cria mapas de localização e pode ser migrado para um pulverizador, focando o controle de pragas nos talhões certosPor Canal RuralJá pensou em um aplicativo que consegue dizer onde estão as pragas, ajudando a focar no controle e de quebra reduzindo a quantidade de defensivos? Pois é exatamente isso que um experimento conjunto e...

Leia mais...

Nova ferramenta promete tornar suinocultura ainda mais sustentável em Santa Catarina

20-09-2020

O maior produtor nacional de carne suína, Santa Catarina, vai receber o Software de Gestão Ambiental da Suinocultura (SGA). A parceria entre a Embrapa Suínos e Aves com o Instituto do Meio Ambiente do Estado de Santa Catarina (IMA) e do Sindicarne, criou a ferramenta para dar mais celeridade ao licenciamento de granjas de suínos no estado, contribu...

Leia mais...

Mais lida: você sabe por que a pelagem de touros nelore escurece?     

20-09-2020

No decorrer da semana a notícia mais lida pelos internautas do Canal Rural foi a explicação de um zootecnista sobre a mudança de cor na pelagem dos touros da raça nelore. Acidentes que provocaram a morte de bois em fazenda também voltou a repercutir na última semana. Além disso, dicas para manter o bebedouro do gado limpo, recorde no embarque de bo...

Leia mais...

Bactérias da folha da laranja diminuem resíduos de agrotóxicos na natureza

20-09-2020

A busca por alternativas que possam diminuir o impacto dos agrotóxicos e eliminar esses compostos que acabam depositados na natureza motivou pesquisadores do a estudarem bactérias do gênero bacillus, extraídas da superfície das folhas da laranja. Eles descobriram que esses microrganismos produzem enzimas capazes de biodegradar dois pesticidas muit...

Leia mais...

Milho: confira os fatores que devem impactar os preços na semana

20-09-2020

A partir da próxima segunda-feira (21), compradores e produtores de milho podem esperar novidades no mercado do grão a partir do início da colheita nos Estados Unidos. Os preços do milho deverão ser impactados, à medida em que os trabalhos nas lavouras norte-americana avançam.Acompanhe abaixo os fatos que deverão merecer a atenção do mercado de mil...

Leia mais...

Família colhe bons resultados com produção de lúpulo em Santa Catarina

20-09-2020

Um dos principais ingredientes na produção de cervejas especiais é o lúpulo. A planta garante aroma característico, sabor único e a consistência da bebida. Com isso, agricultores brasileiros têm apostado em seu cultivo, de olho no aumento da demanda pela bebida. Esse é o caso da família Silveira, de Campo Alegre (SC)O produtor Heron Silveira conta ...

Leia mais...

Palmito pupunha aumenta renda e muda vida de produtores do Rio de Janeiro

20-09-2020

O palmito pupunha, além de ganhar espaço nas cozinhas, também vem mudando a vida de produtores rurais do município de Magé, no Rio de Janeiro. Com apoio técnico da Secretaria da Agricultura do estado, através da Emater, a cultura se tornou uma alternativa rentável para os produtores da região, aumentando o faturamento em mais de 150% nos últimos 15...

Leia mais...

Balança comercial do agro registra superávit recorde em 2020, diz CNA

19-09-2020

A balança comercial brasileira do agro registrou superávit recorde de US$ 61,5 bilhões de janeiro a agosto de 2020, aponta a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), com base em informações do Ministério da Economia.As exportações somaram, em receita, US$ US$ 69,6 bilhões no acumulado dos oito primeiros meses deste ano, alta de 8,3% ...

Leia mais...