Imprimir esta página
30 Setembro 2020

Na Expointer 2020, consumidor pode fazer compras da agricultura familiar no carro

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

A feira da Agricultura familiar na Expointer agora é através de Drive Thru e, como de costume, é possível encontrar artesanato, roupas em lã, facas feitas à mão e flores ornamentais, assim como diversos produtos do segmento.

Para que os pequenos produtores pudessem aproveitar o evento para mostrar o seu trabalho, foram feitas adaptações no pavilhão da agricultura familiar para circulação de carros e a criação de estacionamentos. Por isso, dos 300 expositores de 2019 apenas 55 puderam se instalaram na Expointer digital 2020. Tudo para garantir a segurança da população que passa pelo evento.

E a Experiência em superar crises é apenas mais uma das contribuições que esses produtores trazem para a cidade, aponta o vice presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul (Fetag), Eugênio Zanetti. “A gente fez várias reuniões com os agricultores e agroindústrias e recebemos relatos de queda de até 85% no faturamento de algumas delas, então, algo precisava ser feito. Quando surgiu o convite para participar no modelo diferente de drive-thru que dar oportunidade para indústria familiar, a gente aceitou o desafio mesmo sendo uma incógnita. Não sabia se ia ter público e vendas, mesmo assim o nosso produtor e as agroindústrias foram perseverantes e acreditaram nesta oportunidade. Contamos com apoio da sociedade para que venham prestigiar as nossas delícias’, disse.

Cristian Weber é produtor e participou da feira pela primeira vez ano passado. E pelo uso das plataformas digitais, o agricultor já recebeu encomendas de Santa Catarina que foram levadas por um visitante. As vendas online que em 2019 eram zero, agora crescem,  o que é melhor, devem continuar após o encerramento da expointer digital 2020.

“Com a venda online, a cada dia recebo cerca de cinco contatos de clientes finais e pessoas que querem comprar para revenda. Vai ficar o tempo inteiro o contato e, senão neste momento ou no futuro a gente possa fazer vários clientes aqui e eu consiga atender bem a vários clientes aqui da região”, disse.

E tem gente que aprova as compras na comodidade do próprio carro, como a operador de processos Lucas Rosa.  “O bom de vir de carro é que dá para levar mais sacolas. Não precisa levar na mão. Tá bem legal aqui. A feira está agradando”, disse.

E tem variedades de alimentos como cucas, bebidas e biscoitos. Iara Hofsttater é biscoiteira e aproveitou o evento para vender a produção caseira com preços bem acessíveis. “Mel e canela são a base do nosso biscoito, também tem de amendoim, cobertura de chocolate e amanteigados. Temos para todos os gostos e bolsos, a partir de R$ 3 a unidade.

E a tecnologia do QR code já abre um universo de possibilidades para essa geração que precisa não só produzir no campo, mas também se fazer presente no universo virtual. Basta apontar o celular e lá então todas as referências e formas de contatos com cada expositor.  O modelo foi oferecido de graça e o suporte também é oferecido pelos desenvolvedores.

Ao todo, mais de 1.200 veículos já passaram pelo drive-thru organizado no parque e o balanço dos organizadores e expositores é positivo até o momento. O pavilhão da Agricultura familiar funciona das 8h às 22h e o acesso é pelo portão 1 no Parque de Exposições Assis Brasil.


Fonte Canal Rural