25 Outubro 2020

´Sem paraquat, agricultura acumulará aumento de custos e calendário de plantio será prejudicado’, afirma Benedito Rosa

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

Após o Ministério da Agricultura anunciar , os produtores brasileiros podem enfrentar dificuldades para o andamento da safra agrícola 2020/21. A avaliação é feita pelo comentarista Benedito Rosa.

“A supressão do herbicida acumulará em aumento de custos e vai prejudicar o nosso calendário de plantio, especialmente em sistemas de plantio direto na palha. Os custos irão aumentar, pois enquanto o produto está proibido no Brasil, os nossos concorrentes, como Estados Unidos e Argentina, por exemplo, não tem impedimentos para a utilização”, diz Rosa.

O comentarista lembra que por suas características de clima tropical, no Brasil, não é possível praticar uma agricultura em larga escala sem o uso de defensivos. “As ervas daninhas tem uma presença muito maior em regiões de clima tropical, na comparação com países de inverno rigoroso, onde o clima acaba matando as pragas. Assim, o uso do paraquat é mais importantes para produtores brasileiros em relação aos europeus”.

Ainda na opinião do comentarista, ainda há uma chance da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), reconsiderar a decisão que impede o uso do herbicida no país. “Não foram apresentados estudos cientificamente consistentes que provem que o produto deixe resíduo na planta ou no solo. A relação entre uso do paraquat e os males à saúde é que precisa de estudos mais aprofundados”, finaliza

Após o Ministério da Agricultura anunciar , os produtores brasileiros podem enfrentar dificuldades para o andamento da safra agrícola 2020/21. A avaliação é feita pelo comentarista Benedito Rosa.

“A supressão do herbicida acumulará em aumento de custos e vai prejudicar o nosso calendário de plantio, especialmente em sistemas de plantio direto na palha. Os custos irão aumentar, pois enquanto o produto está proibido no Brasil, os nossos concorrentes, como Estados Unidos e Argentina, por exemplo, não tem impedimentos para a utilização”, diz Rosa.

O comentarista lembra que por suas características de clima tropical, no Brasil, não é possível praticar uma agricultura em larga escala sem o uso de defensivos. “As ervas daninhas tem uma presença muito maior em regiões de clima tropical, na comparação com países de inverno rigoroso, onde o clima acaba matando as pragas. Assim, o uso do paraquat é mais importantes para produtores brasileiros em relação aos europeus”.

Ainda na opinião do comentarista, ainda há uma chance da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), reconsiderar a decisão que impede o uso do herbicida no país. “Não foram apresentados estudos cientificamente consistentes que provem que o produto deixe resíduo na planta ou no solo. A relação entre uso do paraquat e os males à saúde é que precisa de estudos mais aprofundados”, finaliza


Fonte Canal Rural

Mais Notícias

Fust será garantia para financiar conectividade rural, diz deputado

24-11-2020

A possibilidade do uso do Fundo de Universalização das Telecomunicações (Fust) para ampliar a conectividade rural foi tema do programa Conexão Brasília desta terça-feira, 24. Na última semana, o aprovou projeto que autoriza a utilização dos recursos desse fundo para levar internet a áreas urbanas e rurais, especialmente as de menor Índice de Desenv...

Leia mais...

Cogo: Lucro do produtor de grãos seguirá elevado na safra 2020/21

24-11-2020

A lucratividade dos produtores deverá seguir elevada em 2020/2021 para a maior parte das culturas de grãos, incluindo soja, milho, arroz, trigo, feijão e algodão. Para a soja, principal cultura agrícola do Brasil, a projeção para 2020/2021 é de um aumento de 13,2% no custo médio de produção na região Sul e de 8% na região do Cerrado. A análise é da...

Leia mais...

Governo de SP sanciona lei que retoma taxação ao agro a partir de 2021

24-11-2020

A partir do dia 1º de janeiro de 2021, alguns produtos e insumos agrícolas do estado de São Paulo vão passar a ser taxados. A medida aprovada nae sancionada pelo governador João Doria retira o benefício fiscal que isentava cobrança de  Impostos sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre alguns itens, como fertilizantes, adubos e milho....

Leia mais...

Trigo: governo renova cota de importação de 750 mil t sem tarifa de fora do Mercosul

24-11-2020

A Câmara Brasileira de Comércio Exterior (CAMEX) renovou a cota de importação de 759 mil toneladas de trigo de fora do Mercosul. A medida, publicada no Diário Oficial da União, será valida até 17 de novembro de 2021.Em nota, a Secretaria de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais afirmou que a decisão atende o compromisso firmado pelo Brasil ap...

Leia mais...

Confira 22 dicas da Embrapa para controle de pragas e plantas daninhas na soja

24-11-2020

A falta de chuvas tem atrasado os trabalhos de semeadura da soja, mas também tem favorecido a proliferação de pragas e plantas daninhas nas lavourasPor Daniel Popov, de São PauloO plantio da soja ainda não terminou no país devido a falta de chuvas em muitos estados. Essa condição climática tem sido um entrave não só para o término dos trabalhos, ma...

Leia mais...

‘Taxação de insumos agrícolas em SP prejudicará o Brasil como um todo’

24-11-2020

A taxação de produtos e insumos agrícolas pode ser uma tendência no Brasil após o estado de São Paulo ter sinalizado que essa medida será implementada a partir de 2021. Para o comentarista do Canal Rural, Miguel Daoud, a questão da tributação é um absurdo, já que a agropecuária é a única saída para a recuperação e crescimento econômico do país.R...

Leia mais...

Chuva retorna à região Sul e deve persistir por duas semanas

24-11-2020

Meteorologista da Somar alerta que as primeiras pancadas podem vir na forma de temporal com vento forte, raios e até granizoA indica mudança no padrão de chuva a partir desta quarta-feira, 25. Uma frente fria se aproxima da região Sul e deve provocar pancadas em áreas do Rio Grande do Sul próximas ao Uruguai e no extremo oeste gaúcho.A meteorologi...

Leia mais...

Ipea reduz projeção de crescimento da agropecuária em 2020

24-11-2020

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) revisou sua projeção de crescimento do Produto Interno Bruto da agropecuária em 2020 para 1,5%, ante a projeção anterior, informada em outubro, que indicava avanço de 1,9%. As estimativas revistas, do Grupo de Conjuntura da Diretoria de Estudos e Políticas Macroeconômicas (Dimac), estão na Nota de C...

Leia mais...

Índice de Preços ao Consumidor subiu 0,81% em novembro, maior variação desde 2015

24-11-2020

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) subiu 0,81% em novembro, 0,13 ponto percentual (p.p.) abaixo da taxa de outubro (0,94%). Foi a maior variação para um mês de novembro desde 2015, quando o IPCA-15 foi de 0,85%, de acordo com No ano, o índice acumula alta de 3,13%. O acumulado dos últimos 12 meses é de 4,22%, acima dos 3,5...

Leia mais...