29 Outubro 2020

Deral faz leve revisão para cima da safra de soja do Paraná

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

Entretanto, volume estimado em outubro ainda é menor que o colhido na safra 2019/2020. Campo Mourão é a região que mais produz. Confira cada uma!

Por Daniel Popov, de São Paulo

Mesmo com os atrasos de plantio em todo Paraná, o Departamento de Economia Rural (Deral), ligado à secretaria de agricultura do estado, divulgou nesta quinta-feira, 29, sua estimativa de outubro para a safra de soja. A entidade prevê que os produtores paranaenses podem colher um pouco mais de soja do que se previa em setembro.

Para o Deral, o volume produzido de soja pode chegar a 20,498 milhões de toneladas, pouco acima das 20,447 milhões de toneladas previstas em setembro deste ano. Na safra passada a produção foi de 20,752, um pouco maior que a prevista para este ano.

O tamanho da área também foi revisado e agora deve chegar a 5,557 milhões de hectares, pouco acima das 5,543 milhões de hectares previstas em setembro e também acima do semeado em 2019, que foi de 5,472 milhões de hectares.

Entre os 20 núcleos regionais (veja mapa abaixo), Campo Mourão segue como o maior produtor do estado, com a previsão de colher 2,484 milhões de toneladas nesta safra. Em 2019/2020 a região registrou uma produção de 2,639 milhões de toneladas.

Confira abaixo a nova estimativa:

Mapa dos 20 núcleos regionais

Entretanto, volume estimado em outubro ainda é menor que o colhido na safra 2019/2020. Campo Mourão é a região que mais produz. Confira cada uma!

Por Daniel Popov, de São Paulo

Mesmo com os atrasos de plantio em todo Paraná, o Departamento de Economia Rural (Deral), ligado à secretaria de agricultura do estado, divulgou nesta quinta-feira, 29, sua estimativa de outubro para a safra de soja. A entidade prevê que os produtores paranaenses podem colher um pouco mais de soja do que se previa em setembro.

Para o Deral, o volume produzido de soja pode chegar a 20,498 milhões de toneladas, pouco acima das 20,447 milhões de toneladas previstas em setembro deste ano. Na safra passada a produção foi de 20,752, um pouco maior que a prevista para este ano.

O tamanho da área também foi revisado e agora deve chegar a 5,557 milhões de hectares, pouco acima das 5,543 milhões de hectares previstas em setembro e também acima do semeado em 2019, que foi de 5,472 milhões de hectares.

Entre os 20 núcleos regionais (veja mapa abaixo), Campo Mourão segue como o maior produtor do estado, com a previsão de colher 2,484 milhões de toneladas nesta safra. Em 2019/2020 a região registrou uma produção de 2,639 milhões de toneladas.

Confira abaixo a nova estimativa:

Mapa dos 20 núcleos regionais


Fonte Canal Rural

Mais Notícias

Trigo: na reta final de colheita, preço sobe 18% no Rio Grande do Sul

23-11-2020

As negociações de trigo transcorrem de forma lenta, com preços elevados em relação à média histórica e moinhos aproveitando o maior volume de ofertas à medida que a colheita se aproxima do fim no Paraná e se acelera no Rio Grande do Sul, destaca a No Rio Grande do Sul a colheita do trigo se aproxima do final, com 97% da área colhida. As lavouras nã...

Leia mais...

Milho: oferta aumenta no Brasil, mas preços permanecem estáveis

23-11-2020

 O mercado brasileiro de milho abriu a semana mantendo cotações estáveis. Segundo o consultor de Safras & Mercado, Paulo Molinari, houve alguma melhora pontual na oferta em algumas regiões, mas no geral a estabilidade predominou.No Porto de Santos, a saca de milho foi negociada a R$ 76/83. No Porto de Paranaguá (PR), o valor foi de R$ 74,5...

Leia mais...

Daoud: É preciso definir uma política agrícola para os pequenos produtores

23-11-2020

Produtores rurais do Rio Grande do Sul estiveram reunidos com a ministra da Agricultura Tereza Cristina para pedir apoio sobre a estiagem que castiga os produtores do estado. Entre as demandas solicitadas, os produtores querem fazer replantio nas áreas afetadas com a seca, utilizando um novo financiamento do governo.Para o comentarista do Canal Rur...

Leia mais...

Chuva abaixo da média? Veja o que esperar do clima entre dezembro e maio

23-11-2020

De acordo com meteorologistas, janeiro será o primeiro mês com chuva dentro do esperado para o Sul, que é castigado pela estiagemA mais recente previsão da Universidade de Colúmbia para o trimestre dezembro-janeiro-fevereiro indica abaixo da média no Sul e acima da média em boa parte do Norte e Nordeste. As regiões Sudeste e Centro-Oeste receberão...

Leia mais...

Soja: em forte queda, saca vai de R$ 185 para R$ 168 em Mato Grosso

23-11-2020

Por outro lado, as vendas da safra nova já tem preços mais altos, com a saca sendo negociada a R$ 150 no Rio Grande do SulPor Agência SafrasO mercado brasileiro de soja iniciou a semana travado. Os preços têm comportamento divergentes: no disponível as cotações estão cedendo, sem oferta e sem interesse. Na safra nova, as cotações sobem, batendo em ...

Leia mais...

Área colhida com cana-de-açúcar é a maior dos últimos cinco anos, diz Unica

23-11-2020

A estimativa de área colhida com cana-de-açúcar até outubro deste ano apresenta elevação de 1,2% no comparativo com o último ciclo agrícola, alcançando 7,099 milhões de hectares no Centro-Sul. Este é o maior avanço na área colhida das últimas cinco safras, favorecido pelo aproveitamento do tempo acima da média – no acumulado da safra 2020/202...

Leia mais...

Preço recebido pelo produtor rural sobe 11,89% em outubro, diz Farsul

23-11-2020

O Índice de Inflação dos Preços Recebidos pelos Produtores rurais (IIPR) em outubro registrou inflação de 11,89% em relação ao mês imediatamente anterior. A valorização dos preços é resultado da combinação da alta taxa de câmbio, menor oferta e demanda interna de alimentos aquecida, reflexo do Auxílio Emergencial, informa boletim mensal da .O IIPR ...

Leia mais...

Governo vai cobrar IPVA sobre máquinas agrícolas e tratores?

23-11-2020

A partir de março de 2021, produtores rurais que tenham máquinas agrícolas que precisam circular em vias públicas terão que registrá-las na Plataforma Digital de Registro e Gestão de Tratores e Equipamentos Agrícolas (ID Agro), “Ferramentas como essa – simples, sem custo para o agricultor, mas de grande valia – são o que queremos cada v...

Leia mais...

Governo vai cobrar IPVA sobre máquinas agrícolas e tratores?

23-11-2020

A partir de março de 2021, produtores rurais que tenham máquinas agrícolas que precisam circular em vias públicas terão que registrá-las na Plataforma Digital de Registro e Gestão de Tratores e Equipamentos Agrícolas (ID Agro), “Ferramentas como essa – simples, sem custo para o agricultor, mas de grande valia – são o que queremos cada v...

Leia mais...